Uma cultura própria e enleante

Em Miranda do Douro terá de pedir para ouvir o mirandês, a segunda língua oficial de Portugal, porque as gentes habituaram-se a falar grave na presença de forasteiros, sendo que grave não é o tom de voz mas o nome dado ao português.

Miranda do Douro é o coração do planalto mirandês, de cultura e tradições únicas, com os pauliteiros, as festas do Solstício de inverno, e que preserva o burro mirandês, uma sub-espécie dócil, resistente e muito inteligente.

Conheçam-se, pois, as gentes e deixemo-nos enlear por esta cultura muito própria; conheçamos as terras e as paisagens que aqui são de deslumbrar, ou não estivéssemos no Parque Natural do Douro Internacional.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.