Um concelho de gente acolhedora

Olhamos à nossa volta e a paisagem natural corta-nos a respiração. Somos elevados à transcendência de ecossistemas que sobrevivem, adaptam-se e coexistem com o Homem, cuja interferência se adivinha, de forma subtil, aqui ou ali. Região historicamente ligada à religião, a sua arquitetura demonstra isso mesmo, num vasto património de igrejas e capelas, a que se aliam raízes fortes de uma arqueologia que se perde em tempos sem memória.

Marcado pela água límpida das suas três bacias hidrográficas, o concelho de Sátão apresenta-se com uma peculiar orografia inconstante, rendilhada a granito, que se vislumbra em miradouros abertos sob horizontes de rara beleza.

Continuamos o périplo e saboreamos uma gastronomia autêntica, entre míscaros e enchidos, o pão tradicional e a broa de milho e centeio, petiscos regados pelos néctares do Dão.

Acreditamos que é nestes pequenos grandes pormenores que reside a alegria das gentes acolhedoras e hospitaleiras de Sátão.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.