O mar, o rio e os sabores de Cantanhede

Escolha-se o mar ou o rio e vá-se à praia, fazendo-o na Tocha ou em Olhos de Fervença, conforme tenha sido a opção. Em Cantanhede temos o mar, o rio e as distintas paisagens da Gândara, da Bairrada e do Baixo Mondego.

Se fizéssemos o jogo de colar uma palavra a outra, a Cantanhede associaríamos imediatamente o vinho. E assim é, que o néctar que é trabalhado nas caves da zona está integrado na Região Demarcada da Bairrada e deve acompanhar a gastronomia local. É que, para além do leitão, também aqui temos a chanfana e os rojões. Ou, no litoral, a caldeirada, o robalo e a sardinha na telha. A dificuldade está na escolha.

Na Praia da Tocha, a proposta é de cedo erguer para se poder ver a Arte Xávega que ainda aqui é praticada por homens que, há força de braços, puxam as redes a partir da praia.

Já em Ançã, no extremo sul do concelho, deve-se calcorrear o centro histórico da vila, com as suas janelas manuelinas, os arcos do Palácio do Marquês de Cascais, o pelourinho ou a Igreja Matriz.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.