Ir a Vouzela à vitela de Lafões

A carne tem de ser das raças arouquesa ou mirandesa e os animais crescerem entre as serras da Gralheira e Caramulo, em pasto livre que os leva à procura do tojo, rosmaninho, carqueja e giesta. Poderão também comer farinhas de milho e de centeio produzidas localmente quando o tempo está mais agreste.

Estes são os principais condimentos para a vitela de Lafões que, assada no forno, faz as delícias dos mais exigentes gourmets. Para vir à mesa com essa designação protegida, a vitela terá de ser abatida no desmame, entre os 5 e os 7 meses e ter passado a sua curta vida nas terras de Vouzela, Oliveira de Frades ou São Pedro do Sul e em algumas freguesias de Castro Daire, Viseu e Sever do Vouga. É uma carne única, macia, tenra e suculenta que pode ser servida assada em forno de lenha e acompanhada pelo vinho da região.

Coma-se a vitela no final de um passeio pelo concelho de Vouzela, que nos leve a subir Caramulo acima até ao miradouro do Gamardo e, já no vale do Vouga, à mata da Pernoita, de orgulhosos carvalhos.

https://youtu.be/leDoRVr1l4Q

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.