Aproveitar para comer um jesuíta

Entrar na Confeitaria Moura e pedir um jesuíta é daqueles prazeres que são únicos porque foi aqui que há 124 anos nasceu o pastel de massa folhada que rapidamente se espalhou: o jesuíta. Este é um dos segredos pouco guardados de Santo Tirso, o concelho onde o Ave e o Leça deixam traços na paisagem e na vivência do território conhecido também pelos seus vários mosteiros.

Do Mosteiro de São Bento, na sede de concelho, ao de Singeverga ou ao Convento de Santa Escolástica , ambos em Roriz, passando pelo santuário de Nossa Senhora da Assunção, no Monte Córdova, ao antigo Mosteiro de Vilarinho, para todos é necessária marcação antecipada.

E, claro, em Santo Tirso, há que conhecer a coleção de esculturas ao ar livre do Museu Internacional de Escultura Contemporânea.

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.